Artigos

Provérbios medievais do navio bem carregado

Provérbios medievais do navio bem carregado

Assim como hoje, os provérbios da Idade Média eram populares. Uma excelente fonte de provérbios medievais éO navio bem carregado, um poema latino do século XI composto por Egbert de Liege. Egbert escreveu isso como um livro didático para jovens estudantes - algo de que eles gostariam de aprender latim. Ele incluiu centenas de provérbios, junto com contos - veja também nosso post sobreO mais antigo conto do Chapeuzinho Vermelho.

No início de seu livro, Egbert explicou: “Muitas pessoas costumam dizer muitas coisas na linguagem comum, e essa sabedoria dos plebeus é oferecida em muitos exemplos que são indispensáveis ​​para empregar. Bebi desta fonte, pensando comigo mesmo que entre essas coisas havia muitas que são práticas e (se de alguma forma pudessem ser preservadas) claras - coisas que poderiam tornar os ouvintes daqueles que por isso estavam desatentos: que essas coisas foram escritas nenhum lugar para ser melhor preservado em um coração atento. Então, reuni em apenas dois pequenos livros tudo o que pude pensar nas horas do dia e da noite, em versos únicos, muitas vezes em dois, às vezes em três, além disso intercalando-os com alguns contos novos e populares e alguns divinos. ”

Aqui está uma lista de alguns dos nossos provérbios medievais favoritos deO navio bem carregado, incluindo alguns que são muito semelhantes aos modernos:

Nenhuma sogra agrada a sua nora a menos que ela esteja morta.
Non nurui placet ulla suae nisi mortua socrus.

Enquanto o gato está longe, o rato é visto correndo.
Dum deerit cattus, dicurrens conspicitur mus.

Os bezerros não devem brincar com um boi, pois são superados em chifres.
Cum bove non ludant vituli per cornua victi.

Um menino é consumido pela inveja, um velho pela raiva.
Invidia puer et vetulus consumitur ira.

O corvo, por não cantar, poderia ficar com o cadáver para si.
Corvus non crocitando cadáver solus haberet.

Quando a casa do seu vizinho está queimando, o fogo está chegando perto de você.
Dum flagrat vicina domus, ibi proximat ad te.

O homem que lambe uma faca sebosa pouco dá ao companheiro.
Dat modicum comiti, sicam qui lingit inunctam.

A merda cheira mal, quanto mais se agita ao virar.
Stercus olet foedum, quo plus vertendo movetur.

Uma abelha na cidade é preferível a inúmeras moscas.
Prestat apes una immensis per moenia muscis.

Quando um cavalo é oferecido gratuitamente, você não deve abrir sua boca.
Gratis equo oblato non debes pandere buccas.

É um sinal de grande pobreza para um rei ficar sozinho.
Regem aliquem magna est penuria degere solum.

Enquanto o leite é dado a você, por que você se queima para saber de quem é a vaca?
Dum tibi lac detur, cuius sit vacca, quid urit?

Uma soma confiada a muitos servos diminui para o mestre.
Summa minor domino multis commissa ministris.

O pobre aumenta a sua pobreza quando recorre frequentemente ao vinho.
Pauperiem dilatat inops, cum vina frequentat.

Eu nunca vi uma carroça ir quando colocada na frente dos bois.
Ante boves versum non vidi currere plaustrum.

Os cavaleiros estão preparados para guerras quando os soldados de infantaria estão ao lado deles.
Velitibus iunctis equites ad bella parantur.

Quanto mais perto uma coisa está do fogo, mais quente ela fica.
Tanto plus calidum, quanto vicinius igni.

Deve-se golpear o ferro enquanto está quente.
Dum calidum fuerit, debetur cudere ferrum.

Hoje ninguém fornece seus bens a menos que venda tudo por um preço mais alto.
Nemo hodie sua dat, nisis carius omnia vendat.

Um cachorro vivo é melhor do que um leão morto.
Defuncto canis est melior vivendo leone.

Um gatinho vagueia, seguindo a palha; mesmo se você for inteligente, dificilmente induzirá um gato velho a esse truque.
Cattulus inprimis stipulas imitatus oberrat.
ad quam vix veterem sollers produxeris artem.

Uma boa mulher é rara. Se por acaso encontrar uma, ela caiu do céu, morra com uma marca maravilhosa.
Femina pauca bona est; si forte inveneris ullam,
de caelo cecidit, tessella caractere miro.

O lavrador geralmente vai para o campo de maneira mais oportuna do que os monges são compelidos aos seus hinos matinais.
Tempestivius ad sulcum solet ire bubulcus,
quam fratres matutinos cogantur ad ymnos.

O navio bem carregado acabou de ser editado e traduzido por Robert Gary Babcock, da University of North Carolina, e agora é publicado como parte da série Dumbarton Oaks Medieval Library da Harvard University Press. .

Veja também:Estas são belas palavras para entender - provérbios de um comerciante do século 14


Assista o vídeo: 1ª Live de Atualidades: Os diferentes usos das linguagens na sociedade informacional 25062020 (Janeiro 2022).